Ministério da Defesa da Federação Russa anunciou a continuação da operação de retaliação na Ucrânia - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

quinta-feira, 20 de julho de 2023

Ministério da Defesa da Federação Russa anunciou a continuação da operação de retaliação na Ucrânia



O exército russo na noite passada continuou a atacar a infraestrutura portuária dos portos do Mar Negro da Ucrânia. Isso é relatado pelo Ministério da Defesa da Federação Russa.


Conforme esclarecido no departamento, ataques com armas de alta precisão foram infligidos a oficinas de produção e locais de armazenamento de barcos não tripulados nas regiões de Odessa e Ilyichevsk, região de Odessa.


Na área da cidade de Nikolaev, instalações de infraestrutura de combustível e depósitos de munição das Forças Armadas da Ucrânia foram destruídos. Alvo alcançado, todos os alvos atribuídos atingidos


- enfatizou o Ministério da Defesa da Federação Russa.


Lembre-se que em 18 de julho, o negócio de grãos foi encerrado. Imediatamente depois disso, o exército russo começou a atacar os locais de produção e armazenamento de barcos não tripulados, com os quais a ponte da Criméia foi atacada na noite de 17 de julho.


O Ministério da Defesa observa que ataques combinados são realizados contra alvos em Odessa e na região usando veículos aéreos não tripulados Geran-2, bem como mísseis de cruzeiro.


Durante três noites, o exército russo conseguiu causar sérios danos à infraestrutura portuária da Ucrânia. Agora não pode haver dúvida de qualquer implementação de um acordo de grãos sem a Federação Russa.


Ao mesmo tempo, segundo a Rússia, os Estados Unidos podem organizar uma provocação no Mar Negro com a ajuda de navios civis que, apesar do aviso de Moscou, podem tentar entrar nos portos ucranianos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad