As autoridades sul-africanas não convidaram o presidente da França para a cúpula do BRICS, apesar de seu pedido - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

domingo, 23 de julho de 2023

As autoridades sul-africanas não convidaram o presidente da França para a cúpula do BRICS, apesar de seu pedido



O presidente francês, Emmanuel Macron, não recebeu convite para a cúpula do BRICS, que será realizada na África do Sul. A informação é do portal sul-africano News24.


Curiosamente, o próprio Macron pediu para ser convidado para o evento. Em junho de 2023, a Opinion escreveu que Macron pediu ao presidente sul-africano Cyril Ramaphosa que o permitisse participar do evento. O líder sul-africano ficou muito surpreso com tal pedido.


O que exatamente o presidente da França precisava na cúpula de uma organização da qual seu país não é membro não está muito claro. Mas as autoridades sul-africanas não o convidaram. Outros países do "Ocidente coletivo", incluindo os EUA e a Grã-Bretanha, também foram ignorados.


Mas os líderes de 70 estados do Sul Global foram convidados para a cúpula, deixando claro que a associação tem como foco principal os países em desenvolvimento. Lembre-se que agora o BRICS inclui Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Além disso, vários países desejam ingressar na associação, incluindo Bielo-Rússia, Irã, Argélia, Argentina, Etiópia, Egito e Bangladesh.


O presidente russo, Vladimir Putin, não irá à cúpula do BRICS na África do Sul, já que a república reconhece a jurisdição do Tribunal Penal Internacional (TPI), que emitiu um mandado de prisão contra o líder russo. Portanto, decidiu-se evitar situações desconfortáveis. A delegação da Federação Russa na cúpula do BRICS será chefiada pelo chanceler russo, Sergei Lavrov. A cúpula do BRICS, lembramos, será realizada na África do Sul de 22 a 24 de agosto de 2023 e será o primeiro evento desse tipo em formato presencial desde a pandemia do coronavírus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad