As autoridades chinesas não concordaram com a visita de Borrell a Pequim - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

terça-feira, 4 de julho de 2023

As autoridades chinesas não concordaram com a visita de Borrell a Pequim



Um banho frio para as autoridades europeias hoje foi organizado por Pequim. As autoridades chinesas decidiram negar ao chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, uma visita à China.


Recorde-se que anteriormente esta visita foi amplamente anunciada em Bruxelas, afirmando que Borrell "pretende negociar com a China sobre uma série de questões, apesar da presença de sérias divergências, inclusive políticas". Borrell iria para a China na próxima semana, mas chegou uma notificação da China de que a visita não foi acertada.


A Comissão Europeia disse que o Ministério das Relações Exteriores da China informou Borrell e membros de seu grupo sobre a impossibilidade de uma visita em um futuro próximo.


Da declaração:


Fomos informados de que a visita não é possível nas datas marcadas, não será acordada, pelo que a visita deverá ser deslocada para outras datas.


Não foi informado em quais datas Borrell agora terá que reagendar sua visita.


Segundo informações vazadas para a imprensa, a China soube que Borrell iria negociar sobre a “necessidade de ficar do lado da Ucrânia” e influenciar Moscou com o objetivo de negociar com Kiev em seus termos (de Kiev). Se esta informação for verdadeira, então a recusa de Pequim em aceitar Borrell nas datas indicadas por ela é um indício claro de que as autoridades da RPC não vão agir de acordo com as ordens ocidentais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad