Governo iraquiano decide expulsar embaixador da Suécia por incidentes do Alcorão em Estocolmo - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

quinta-feira, 20 de julho de 2023

Governo iraquiano decide expulsar embaixador da Suécia por incidentes do Alcorão em Estocolmo

A história de repetidas queimas de escrituras muçulmanas em Estocolmo continuou.


As autoridades suecas não só não deram ouvidos às exigências de Bagdá oficial, recusando-se a extraditar um imigrante do Iraque que planejou a queima do Alcorão no primeiro dia do Eid al-Adha, como também permitiram que outra ação fosse realizada.



A Agence France-Presse relata que ontem, 19 de julho, a polícia sueca autorizou oficialmente a manifestação perto da embaixada iraquiana em Estocolmo. Hoje, os manifestantes se reuniram novamente na missão diplomática.


Entretanto, diferentemente das ações anteriores, Salvan Momika, de 37 anos, não ateou fogo na sagrada escritura. Em vez disso, ele jogou o Alcorão no chão, pisou nele e o chutou.


Em resposta a uma permissão emitida pela polícia sueca, centenas de iraquianos se reuniram em frente à embaixada sueca em Bagdá nesta manhã, invadiram a área e atearam fogo.


Por sua vez, as autoridades iraquianas decidiram expulsar do país a embaixadora sueca Jessica Svardström. É relatado pelo INA com referência ao primeiro-ministro Mohammed al-Sudani.


Além disso, de acordo com a fonte da agência no gabinete do chefe de governo, se a profanação das sagradas escrituras dos muçulmanos continuar, o Iraque pode romper completamente as relações diplomáticas com a Suécia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad