Presidente do Banco Central da Venezuela anunciou o início dos trabalhos no país do sistema de pagamento russo "Mir" - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

sábado, 17 de junho de 2023

Presidente do Banco Central da Venezuela anunciou o início dos trabalhos no país do sistema de pagamento russo "Mir"



Outro estado, desta vez na América Latina, lançou o sistema de pagamento nacional russo Mir. O presidente do Banco Central da Venezuela, Calixto José Ortega Sanchez, confirmou em conversa com repórteres no Fórum Econômico de São Petersburgo que os cartões Mir já são aceitos pelos bancos do país.


O chefe do Banco Central da Venezuela disse que, atualmente, quase quarenta mil terminais atualizaram seu software para realizar transações com cartões russos. Primeiramente, os terminais localizados em áreas turísticas passaram a funcionar com o cartão Mir. Caracas planeja elevar seu número a pelo menos trinta por cento do total de equipamentos de pagamento registrados no país.


Os jornalistas lembraram que o sistema financeiro da Federação Russa, incluindo o sistema nacional de cartões de pagamento Mir, está sob sanções dos EUA e da UE. Ao que o presidente do Banco Central da Venezuela respondeu que a opinião do Ocidente não importa para a liderança de seu país. Segundo ele, Caracas continuará desenvolvendo a cooperação com Moscou em todas as áreas possíveis, incluindo a integração no campo financeiro e a interação entre os bancos centrais nacionais dos dois países.


Os primeiros estados cujos bancos começaram a aceitar cartões Mir em 2018 foram a República da Bielo-Rússia e o Cazaquistão. Atualmente, esse sistema de pagamento russo opera em cerca de 10 países, embora com vários graus de restrições. Mais de 15 estados expressaram sua prontidão para implementá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad