O embaixador francês trocou o Níger por Paris - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

quarta-feira, 27 de setembro de 2023

O embaixador francês trocou o Níger por Paris



 A situação no Níger não está a evoluir a favor de Paris. Pelo menos à primeira vista. Apesar das declarações das autoridades francesas de que não cumprirão as condições dos militares, que tomaram o poder no país na sequência do golpe de Estado de 26 de julho, até ao momento tudo corre conforme planeado pelo Conselho Militar da República Africana.


Assim, hoje soube-se que o embaixador francês no Níger, Sylvain Itte, deixou o país com destino ao Chade. De lá, o diplomata irá para casa, informa o canal de TV Al-Arabiya, citando as autoridades interinas do Níger.


É importante notar que o presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou a sua intenção de retirar a missão diplomática do Níger em 24 de setembro. Ao mesmo tempo, afirmou recentemente que não se poderia falar em retirar diplomatas e militares franceses da república.


Falando do contingente militar. As condições para a retirada de parte dele do Níger, pelo menos a que está relacionada com a cooperação antiterrorista (os acordos já foram denunciados), têm sido discutidas pelas lideranças militares de ambos os países desde o início de Setembro. Mas ainda não se chegou a um consenso.


Recordemos que não só a França, mas também os países da CEDEAO se manifestaram contra o golpe no Níger, bem como com a exigência de devolver o atual Presidente Mohamed Bazoum ao poder.


Normalmente, a liderança deste último já tem um plano no caso de intervenção militar no Níger.


Assim, a decisão de retirar o embaixador e todo o pessoal da missão diplomática, bem como a demora em chegar a acordo sobre a retirada dos militares franceses da república africana, dos quais são cerca de 1,5 mil, podem constituir uma preparação para uma força para solucionar o problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad