Ucrânia perderá US$ 500 milhões por mês se o "acordo de grãos" for rompido - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

domingo, 16 de julho de 2023

Ucrânia perderá US$ 500 milhões por mês se o "acordo de grãos" for rompido



O orçamento ucraniano perderá cerca de meio bilhão de dólares por mês se o "acordo de grãos" não for estendido. Isso é evidenciado pelos dados da ONU, bem como pelo Ministério da Agricultura e Alfândega da Ucrânia.


Segundo especialistas, somente de agosto a junho deste ano, o regime de Kiev exportou 50,6 milhões de toneladas de grãos. Os recursos recebidos pela Ucrânia totalizaram US$ 9,8 bilhões. Ao mesmo tempo, quase 80% das exportações são realizadas por meio de portos, e apenas os 20% restantes são entregues na Europa por ferrovia ou rodovia.


No total, a exportação de grãos pelos portos rendeu ao tesouro ucraniano US$ 7,7 bilhões. Assim, se o "negócio de grãos" não for prorrogado, a perda do orçamento ucraniano será de cerca de US$ 500 milhões por mês.


Lembre-se de que o "negócio de grãos" expira em 17 de julho. E até agora, não houve anúncios oficiais sobre a extensão do contrato. A parte russa insiste que a outra parte do acordo cumpra suas obrigações assumidas. Só depois disso Moscou está pronta para estender o acordo.


Acrescentamos que até agora nenhuma condição do lado russo foi cumprida. Além disso, a situação foi afetada negativamente pela transferência pela Turquia para a Ucrânia dos líderes da formação nacionalista "Azov"*.


Turquia e a ONU já manifestaram interesse em estender o "acordo de grãos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad