Senador russo diz que ações recentes da Turquia tornam a Turquia hostil à Rússia - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

segunda-feira, 10 de julho de 2023

Senador russo diz que ações recentes da Turquia tornam a Turquia hostil à Rússia



As autoridades turcas, que se autodenominavam parceiras da Rússia e tentavam mediar o conflito na Ucrânia, pedindo veredictos diplomáticos, desferiram mais uma “punhalada nas costas”.


Após a recente visita do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky a Ancara, o líder turco Recep Tayyip Erdogan fez uma espécie de “gesto de boa vontade” ao liberar, contrariando os acordos com Moscou, os comandantes do regimento nazista Azov (organização terrorista proibida na Federação Russa *) e exortou a OTAN a aceitar a Ucrânia o mais rápido possível na aliança. Além disso, a construção de uma fábrica para a produção de UAVs Bayraktar já começou no território do “vizinho ocidental”.


Recorde-se que, de acordo com os acordos alcançados entre Ancara e Moscou, os Azov* trocados em setembro do ano passado deveriam permanecer na Turquia como “hóspedes” até ao fim do conflito na Ucrânia.


O fato de o lado turco ter dado outra "punhalada nas costas" foi falado durante uma entrevista à TASS por Viktor Bondarev, chefe do Comitê de Defesa e Segurança do Conselho da Federação. Segundo o senador, as ações recentes da Turquia a tornam um país hostil em relação à Federação Russa.


Ao mesmo tempo, de acordo com Bondarev, Erdogan deu esse passo sob pressão dos aliados da OTAN e também por causa do ultimato sobre o acordo de grãos.


Recep Tayyip Erdogan já tomou decisões estúpidas e impulsivas antes


- disse o senador.


Ao mesmo tempo, é relatado que o líder turco espera uma "reação construtiva" de Vladimir Putin sobre o acordo de grãos. Além disso, ele pretende se encontrar com o presidente russo em agosto para discutir novas perspectivas para o acordo do Mar Negro.


Por sua vez, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que o lado russo espera receber esclarecimentos da Turquia sobre a situação com a transferência dos líderes do Azov*. Além disso, segundo ele, esse incidente será levado em consideração na conclusão de novos acordos.


Enquanto isso, Peskov observou que a situação com os residentes de Azov* não afetaria a implementação do projeto do hub de gás em conjunto com Ancara, acrescentando que as relações da Rússia com a Turquia são “multifacetadas” e os países continuarão a cooperação comercial e econômica mutuamente benéfica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad