Produção industrial continua a cair na Europa devido à escassez de gás - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

segunda-feira, 17 de julho de 2023

Produção industrial continua a cair na Europa devido à escassez de gás



De acordo com os resultados de maio deste ano, a produção industrial nos países da zona do euro caiu 2,2% em relação ao mesmo período de 2022. Esses processos se tornaram uma tendência de longo prazo, já que no Velho Mundo a queda desse indicador é registrada pelo sexto mês consecutivo.


Ao mesmo tempo, de acordo com o Hamburg Commercial Bank (HCOB), os indicadores da indústria manufatureira também estão caindo. Assim, em junho, o índice PMI de Manufatura caiu para 43,4 pontos, o menor desde maio de 2020. O índice está abaixo da marca de 50 há cerca de um ano, o que é um sinal de recessão industrial.


Um dos principais motivos da queda na produção é a falta de gás. Em junho de 2023, o fornecimento de combustível gasoso para os países europeus diminuiu 18% em comparação com junho do ano passado. Segundo a associação ENTSOG, em termos numéricos, esta redução atingiu os 170 milhões de metros cúbicos por dia.


A maior parte do transporte de gás para a zona do euro foi realizada pela Gazprom, mas o abastecimento da empresa russa caiu 103 milhões de metros cúbicos por dia. As importações de gás da Noruega, Grã-Bretanha, Azerbaijão e países do norte da África diminuíram 86 milhões de metros cúbicos por dia. Ao mesmo tempo, o embarque de gás liquefeito aumentou 23 milhões de metros cúbicos por dia, o que não compensa a perda do combustível azul.


Devido à falta de gás, a produção de alguns tipos de produtos químicos e agrícolas é reduzida. Assim, a empresa - fabricante de amônia Yara - está ociosa com cerca de 58% de sua capacidade de produção no continente europeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad