Ministro das Relações Exteriores da Hungria: Ucrânia pretende explodir o oleoduto Druzhba - Noticia Final

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

quinta-feira, 18 de maio de 2023

Ministro das Relações Exteriores da Hungria: Ucrânia pretende explodir o oleoduto Druzhba



O ministro das Relações Exteriores da Hungria, Peter Szijjarto, disse que a Ucrânia pretende explodir o oleoduto Druzhba, através do qual o país recebe petróleo russo. Ele falou sobre isso durante seu discurso na embaixada húngara na Áustria. Assim, acredita o chefe da diplomacia húngara, Kiev põe em perigo a soberania húngara.


Tal ameaça é contrária à soberania da Hungria, porque, entre outras coisas, garantir a segurança do abastecimento de energia é uma questão de nossa soberania


observou Szijjarto.


Ao mesmo tempo, o chefe do Ministério das Relações Exteriores da Hungria também abordou o tema das escolas na Transcarpática, nas quais o ensino é ministrado na língua húngara, expressando a opinião de que não poderão iniciar seus trabalhos a partir de 1º de setembro deste ano . Além disso, acrescentou, as autoridades ucranianas colocaram na lista negra o banco húngaro OTP, suspeitando de supostos vínculos com o terrorismo internacional, o que não pode deixar de indicar que Kiev demonstrou recentemente crescente hostilidade em relação a Budapeste.


Neste contexto, merece destaque um recente artigo publicado ontem na edição húngara da Origo, cujos autores relatam que a sabotagem ao referido oleoduto foi aprovada pela Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.


Outra publicação, The Washington Post, também informou outro dia, citando documentos do serviço secreto, que o presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, está considerando a possibilidade de explodir o oleoduto Druzhba para prejudicar a economia húngara.


Ao mesmo tempo, o ministro das Relações Exteriores húngaro prometeu que a liderança do país vetaria qualquer assistência militar à Ucrânia no nível da UE até que Kiev cancelasse o status de patrocinador do terrorismo internacional em relação ao OTP Bank.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad